TuneList - Make your site Live

Grupo de pessoas que leram e aguentaram

quinta-feira, 10 de março de 2011

Relatividade

Ora.. relatividade:







Pensaram logo nisto, não foi ?
Apanhei-vos. Não tem nada a ver.


O que me faz escrever estas linhas é a capacidade que, diariamente, vou adquirindo de relativizar conceitos. O conceito de caro e barato, por exemplo.
O que para alguns é barato, para mim pode ser caro, o que para mim é barato para outros pode ser caro (esta hipótese já é economicamente mais difícil a não ser que me comparem, vá, com um indigente da Africa Subsariana). Mas adiante, esta era uma capacidade que eu considerava praticamente inata na minha pessoa. Só que a "GENTE" deste país surpreende-me. Sempre. Porque subvertem conceitos e moldam-nos à sua imagem.
E então acontecem diálogos tão estranhos como este:

" Cliente: Boa noite, esta camisa custa mesmo 29.95?"
   Eu: Sim, é esse o preço.
   Cliente: Ah, que horror, mas isso é carissimo"

Quando ouvi esta resposta arregalei os olhos, surpreendido, pisquei-os, para garantir que estava acordado, e voltei a olhar para a esposa do cliente, que filmava o filho que dançava alegremente em frente ao espelho com o seu novissimo Iphone 4 e para o cliente que me fitava, enquanto, debaixo do braço, trazia uma Wii acabadinha de comprar.
Depois virei costas e suspirei...

7 comentários:

pink poison disse...

As prioridades, ai as prioridades deste nosso povo...

Plim disse...

E se fosse um jantar a esse preço? Não jantavam está visto.

Left disse...

é esse tipo de cenas que me mói o juízo! Breathe in, breathe out! :)

eu, que tenho alguém igual a mim. disse...

lolol estou mesmo a imaginar a tua cara. um leve suspiro, uma sobrancelha levantada e aquele ar de 'nao há paciência pra esta merda' xD

Louco disse...

Pink: É isso mesmo, este povo anda com as prioridades todas trocadas.

Plim: É bem capaz, por esta ordem de ideias!

Left: É um exercicio diário --;

Gémea: Precisamente, e ainda fiz um esgar com a boca.

Rafeiro Perfumado disse...

É como um vizinho meu, está desempregado mas a Sportv ninguém lha tira!

Abraço!

Louco disse...

Rafeiro: A esse propósito tenho uma história pessoal, quando liguei para a TVcabo a cancelar o serviço da sportv o operador do call center perguntou-me "Mas não está contente com o serviço?" e eu tive que lhe responder "Estou, não tenho é dinheiro". Problem solved.