TuneList - Make your site Live

Grupo de pessoas que leram e aguentaram

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Cliente: Boa noite, tem acessórios...?
Vendedor: Que género de acessórios?
Cliente: Epá, daqueles acessórios, como é que hei-de dizer..
Vendedor: "..."
Cliente: Assim aqueles para usar no pescoço...
Vendedor: "? fios ?"
Cliente: SIM!

????? wtf

Feliz Natal.

É o que vos desejo.
Mesmo a quem me fode dia sim dia sim.
A todos, sem excepção, votos de uma noite de 24 bem passada, junto daqueles que, embora fisicamente ausentes, nunca nos deixam verdadeiramente sentir sós neste mundo.


PS: Retiro o Pinto da Costa desta lista.
É Natal mas eu não estou bêbado.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Até já.

"Para os meus putos no café, a fumar berlights
 Muito mais pipes do que nights
 Tudo em paz, não há fights!"


Há uns 10 aninhos atrás esta frase fazia sentido, mas tinha idade para isso, estou desculpado.
O que me faz comichão na nuca é passar pelos cafés do bairro e ver os mesmos putos, alguns, outros nem tanto, sem fazerem nenhum, dia após dia.
Portugal está na merda e os portugueses são a âncora que não nos deixa sair de lá.



PS: Na verdade esta entrada serve apenas para me despedir desta banda. Até já.


Belchior

Hoje fui comer uma sandezinha Belchior na Pans & Company (se me quiserem pagar pela publicidade vergonhosa...).
Muito engraçado achei o facto de nomearem uma sandes honrando um rei mago.
Mas não pude deixar de pensar que o Carlos Cruz, se lá fosse comer, iria preferir o menino Jesus. Tenho dito.



O que eu sei vocês já sabem!
Espero ter colaborado.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Acabei de me aperceber que a entrada anterior foi a pior da historia deste blog.






E esta foi a segunda pior.


VIVA O NATAL.


PS: Vi um pai natal Etíope. O senhor tinha, no máximo, 50 kilogramas. Já vi sacos de batatas mais pesados.
Acabaram os velhos de cabelo branco e vestidos de vermelho OBESOS no mundo?
Puta que pariu, nunca mais chega dia 23!

PS: Que filho da puta de frio, até o sangue coalha. Se tiver a sorte de me cortar à hora de almoço, com o frio que tá, tenho ketchup para o esparguete.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Animais com nome de gente

Não entendo!
Não sou capaz de compreender o porquê de se darem nomes de pessoas a bichos.
Chamarem Raúl (este nome foi um mau exemplo porque cabe na categoria dos piores nomes de sempre, mas que se foda) a um cão não o vai tornar mais esperto. Não o faz mijar de pé, e GARANTO, que não o faz usar talheres para comer ração. Então qual é a ideia ?
Criar proximidade? Saiam à rua e arranjem um amigo, nem que seja imaginário!
Ah, e já agora, só para terminar:
- Mãe, Jacinta não é nome de pássaro!

Uma ultima nota, a minha mãe tem desculpa, é que na verdade um periquito é o bicho que mais se assemelha a um bebé. Dorme, caga, faz barulho, enfim, é igual.
Só que tem asas.




O que eu sei vocês já sabem!
Espero ter colaborado.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

O Natal é isto

A pressão de arranjar presentes para a familia transforma as pessoas em b-i-c-h-o-s!
Ficam tão desesperados e irracionais como nos saldos, mas com a pressão adicional de terem mesmo que comprar sob pena de passarem vergonha na ceia de natal. E quem é que atura isso ?
Eu, claro. Mas não vão sem troco...

Pergunta : COMO É QUE DEIXAM ESGOTAR UMA PEÇA COM TANTO DESTAQUE? TÊM QUE TER STOCK! (assim mesmo em caps, porque a senhora estava a gritar)

Resposta : É precisamente por ter tanto destaque minha senhora, naquela mesa, até a você tinha saída.


Adoro a quadra natalícia.

sábado, 11 de dezembro de 2010

Expliquem-me lá devagarinho, para ver se eu entendo.

"Patrões da indústria dizem que fundo para financiar despedimentos tem “pernas para andar”"

Então deixem-me ver se entendi...
A economia está de rastos, o desemprego aumenta, a UE grita que é o fim do Estado social, as empresas clamam por flexibilização laboral e qual é a solução?

UM FUNDO PARA FINANCIAR DESPEDIMENTOS!

Não há quem meta mão nisto ?
Não há quem corte o fornecimento de haxixe para o parlamento ?
Ou pelo menos levem-lhes filtros!
São merdas destas que me fazem comichão no céu da boca.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Condição de homem.

O homem apaixonado aceita, resignado, tudo o que a mulher lhe diz. Todos sabem disso.
E os exemplos são infindaveis, o homem apaixonado não leva a namorada ao Indiano se ela preferir o Italiano. Não a leva a ver o mais recente blockbuster de acção se ela estiver com ela fisgada para ir ver aquela comédia romântica que acabou de estrear. Não a leva para umas férias radicais na neve se ela preferir a praia. Nem tão pouco vai sair se ela preferir ficar em casa a ver um filme na TV.
Há uns dias, ao comunicar, à minha cara metade, esta minha concepção da relação homem-mulher, ela respondeu-me:
- Ah, isso não é bem assim, ainda da última vez que fizeste um jantar para nós não fizeste tudo à minha maneira.
E eu tive que me defender:
- Sim, mas só foi assim porque o jantar foi uma surpresa e tu não pudeste meter a colher...
Ela, obviamente,  discordou, e rindo respondeu:
- Isso não é bem assim!
E eu, apaixonado, retorqui:
- Então está bem.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Cães perigosos e seus donos

Passear um pitbull é uma demonstração externa de masculinidade?
Ser arrastado por um doberman faminto e desvairado é a prova provada de que se tem mais testosterona que o vizinho do lado ?
Queres provar que és macho compra um crocodilo, foda-se.


E com isto volta o disparate...

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

"Para o economista-chefe do Citigroup, não há volta a dar. Portugal está “insolvente” e terá muito provavelmente de se juntar à Irlanda e à Grécia e pedir ajuda externa."


Já aqui disse e repito: Vai-te foder.


"O economista-chefe do Citigroup não considera, contudo, que os problemas fiquem resolvidos a partir do momento em que os países em risco acedem ao FEEF. “Aceder a fontes de financiamento externo não marca o fim dos problemas da Irlanda, porque a dívida irlandesa e o sistema financeiro do país é de facto insolvente”"



Claro que não Williem, claro que não. Só te vai permitir encher mais um bocadinho os bolsos à nossa custa.
Quando é que os especuladores, perdão, os mercados, vão começar a ser punidos ?
Nunca, não é?