TuneList - Make your site Live

Grupo de pessoas que leram e aguentaram

quarta-feira, 18 de maio de 2011

O Sr Bricolage

Numa altura de crise como esta eu cheguei, all by myself, à solução de todos os nossos problemas económicos.
Se o Estado precisa de receitas extraordinárias só tem que lançar um novo imposto, um miserável imposto que vai servir de resposta a todos os nossos tormentos.

ISB - Imposto sobre Bricolage

É que dentro de cada português há um mestre da bricolage e da decoração de interiores. Há um gajo que sozinho vai montar o barbecue, que vai instalar um candeeiro todo bonito, ou que vai poluir as paredes impecavelmente brancas com quadros de paisagens de NY ou merda que o valha.
Teixeira dos Santos, se me estiveres a ler, imposto sobre o martelo e a chave de fendas, sobre as buchas e o cimento e o amanhã sorrir-nos-á.


PS: Cheguei a esta ideia porque um filho da puta qualquer decidiu que 9:30 da manhã era a hora ideal para abrir na parede um buraco para a Austrália.

4 comentários:

Adrenaline Shot disse...

Mas esse tipo de perturbações sonoras entre vizinhos não tem o horário definido por uma qualquer legislação ou norma camarária?
Se estiveres à espera do bom-senso, bem podes desistir.
E se fosses meu vizinho tinha sido um bocadito mais cedo ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Para a Austrália? Nesse caso o buraco não deveria ser feito no chão?

Abraço!

Junkie Jones disse...

Podem criar impostos sobre tudo, até sobre o cagar, que poderia variar em escalões consoante o cheiro, mas deixem o coçar os tomates livre de impostos.

Louco disse...

Rafeiro : Se devia ou não, eu não sei, o que sei é que o cabrão o fez na parede!

Junkie: O coçar até fazer sangue está protegido por decreto-lei.